A Empresa

Os Editores

Colaboradores

Clientes

Edições

Xavier

Fale Conosco

Contato

Como Assinar

A Tribuna

Sites Escritores

Links

 

Os editores do Linguagem Viva foram agraciados com diploma de Mérito Cultural,

pela União Brasileira de Escritores do Rio de Janeiro, em 1997.

Foi escolhido, em 1996, o Melhor  Jornal   Literário do  Brasil  - IWA –

International  Writers  and  Artists - Buffton  College  -  EUA.

Os editores receberam, em 1987, Moção Honrosa da Câmara de Vereadores

de Piracicaba pelos Serviços Prestados à Cultura.

 

 

Adriano Nogueira, advogado, intelectual e escritor, nasceu em Piracicaba, Estado de São Paulo, a 8 de setembro de 1928.  

Recebeu o troféu Mirante, destinado ao destaque cultural do ano de 1990, em Piracicaba.

Atuou como secretário da Academia Piracicabana de Letras e foi diretor da União Brasileira de Escritores nas gestões presididas por Cláudio Willer (três vezes), Henrique L. Alves, Fábio Lucas (duas vezes) e, na atual diretoria, presidida por Levi Bucalem Ferrari. Na gestão de Henrique L. Alves exerceu o cargo de diretor jurídico.

Editou com Rosani Abou Adal, durante 15 anos, desde a fundação, o jornal literário mensal Linguagem Viva. 

É autor do livro Registros Literários, editado em 1998.       

Faleceu,  vítima  de  problemas  coronários,  a  23  de  junho de 2004.

 

 

Rosani Abou Adal, escritora, poeta, publicitária e jornalista, nasceu em 17 de janeiro de 1960 na Capital paulista. Editora do jornal com Adriano Nogueira até a data do seu falecimento, em junho de 2004. Desde julho de 2004 edita sozinha.

É vice-presidente do Sindicato dos Escritores no Estado de São Paulo e membro da Academia de Letras de Campos do Jordão. Exerceu o cargo de diretora da Associação Brasileira de Imprensa - seccional de São Paulo, Academia Piracicabana de Letras e Centro de Estudos Americanos Fernando Pessoa. Foi conselheira da Associação Brasileira de Imprensa.

Autora dos livros de poemas: Mensagens do Momento, 1986, De Corpo e Verde, 1992, e Catedral do Silêncio, 1996, Prêmio Ribeiro Couto, da União Brasileira de Escritores do Rio de Janeiro. Tem trabalhos publicados na França, Portugal, Itália  e EUA.

Foi laureada com o prêmio Mulheres  no Mercado - categoria Literatura - promovido pela Secretaria Municipal de Cultura, Prefeitura do Município de São Paulo e Casa de Cultura de Santo Amaro, 2004.

Agraciada com diploma de honra ao mérito da Ordem dos Velhos Jornalistas, em 2005, pelos serviços que vem prestando à cultura como editora do jornal Linguagem Viva. Recebeu diploma de menção honrosa do Movimento Poético em São Paulo, em 2005. Recebeu diploma de menção honrosa da Câmara de Vereadores de São Paulo em homenagem ao Dia do Jornalista de Bairro, certificado outorgado por iniciativa da vereadora Myriam Athie, em 2008.  Diploma em comemoração aos 200 Anos da Imprensa Régia e aos 100 Anos da Associação Brasileira de Imprensa, outorgado pelo Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, em 2008.